A Secret Weapon For frases de superacao

Desse modo, é possível gerar condições para que o aluno acerte mais do que erre, receba mais reforço imediato e feed-back. Assim, promove-se a motivação, a autoconfiança e o aumento de comportamentos almejados pelos objetivos escolares;

•que compartilhe decisões e objetivos escolares com a família, inclusive para incentivar a responsabilidade e o envolvimento dos pais em práticas de ensino fora do ambiente escolar.

Além disso, é necessário trabalhar com a família as competências almejadas na escola, a fim de reforçar a memorização;

Assim, estudos de caso, planejamento individualizado e materiais de apoio são alguns dos elementos importantes para a atuação do professor junto ao aluno com deficiência intelectual, e não diferem dos princípios e das estratégias também utilizados com alunos sem deficiência.

Embora a deficiência intelectual seja um desafio no ensino escolar em confront de seu objetivo curricular, tanto na sala de aula comum quanto no atendimento educacional especializado, é possível estabelecer um contexto pedagógico prolífico tendo em vista os objetivos educacionais de desenvolvimento pessoal e formação acadêmico-profissional, cultural e cidadã. Portanto, fato é que a didática no ensino do aluno com deficiência intelectual precisa ser específica não só em relação às peculiaridades do quadro da deficiência, como também em relação à individualidade de cada sujeito. De qualquer modo, mesmo que a deficiência intelectual não permita sua reversão completa, uma vez que consiste em um desenvolvimento neurológico deficitário, avanços escolares são possíveis.

For that reason, It's really a incontrovertible fact that the didactics from the teaching of pupils with mental handicap ought to be distinct, not simply with regard towards the peculiarities of a handicap scenario, but also in regard towards the individuality of each and every matter. At any amount, even when mental handicap may well not allow its entire reversal, since it is made up in a very deficient neurological progress, university progress continues to be doable.

Quanto a essas peculiaridades terminológicas, ainda, faz-se necessária a distinção relativa à substituição do ultrapassado termo deficiência mental para o atual deficiência intelectual. O termo deficiência mental gera confusão com a doença psychological, sendo que esta consiste em um transtorno do tipo psicopatológico.

Por consequência, o professor do ensino normal tem a possibilidade de conhecer mais peculiaridades do aluno, ao passo que o professor do AEE pode ter acesso ao modo como o aluno se comporta na sala de aula comum. Essa relação cooperativa deve ocorrer inclusive com o compartilhamento do plano, o que não significa que este deva ser construído em conjunto (BRASIL, 2010). Ao professor do AEE cabe, ainda,

A educação escolar tem por fundamento atender a todos, mesmo quando há necessidade de adaptar a estrutura escolar e as práticas de ensino a cada criança, uma vez que as diferenças humanas são naturais. Seguindo esse princípio, num processo histórico surgiu a educação inclusiva, com o objetivo central de fortalecer, nas instituições escolares, equipes de trabalho que se preocupem em atuar eficazmente perante uma variada gama de situações envolvendo alunos com necessidades educacionais especiais (singulares), de modo que eles, em sua singularidade, tenham a possibilidade de desenvolver tanto suas capacidades cognitivas quanto as sociais.

Desse modo, o professor irá atualizando-se e aprendendo conforme cada caso (aluno) específico, uma vez que o aluno com deficiência intelectual é passível dos mesmos processos de aprendizagem que os alunos sem a deficiência.

Nos casos de deficiência intelectual, observa-se alta possibilidade e importância do ensino e da aprendizagem de comportamentos socialmente considerados adequados;

A partir da concepção estabelecida em Atendimento educacional especializado em deficiência psychological, frases de superacao de Batista e Mantoan (2007), o processo de conhecimento deve dar-se na dimensão subjetiva. Enquanto o conhecimento acadêmico refere-se à aprendizagem do conteúdo curricular, o AEE trabalha "a forma pela qual o aluno trata todo e qualquer conteúdo que lhe é apresentado e como consegue significá-lo" (p.

Para desenvolver o AEE, é imprescindível que o professor conheça o aluno e suas particularidades (para além de sua condição cognitiva). Ele então atua de modo a desenvolver competências que ajudem o aluno a ter autonomia intelectual e adaptativa (de convívio na comunidade).

O presente trabalho não teve a pretensão de estabelecer um modelo de intervenção ou critérios para o ensino escolar do aluno com deficiência intelectual. O objetivo foi apenas apontar possibilidades de ação em relação ao quadro geral e comum da deficiência intelectual, além de destacar a importância de estudos que evidenciem dados pormenorizados sobre as características peculiares na deficiência intelectual e recursos técnicos para o ensino escolar efetivo e o bem-estar geral do indivíduo.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *